Aquarismo

Primeiro Aquário

Você pode estar pensando, aquário? Sim aquário. Este blog é para dividir as experiências, projetos. E o Aquarismo foi um deles.

Aqui em casa, temos uma mania de entender a fundo tudo que resolvemos empreender, seja uma viagem, seja a dupla cidadania, a nossa árvore genealógica. Quando decidimos comprar um aquário, começamos os estudos e muita pesquisa.

Eu e meu marido já tivemos um aquário, há alguns anos atrás. Porém, naquela época era bem mais complicado. As trocas de águas precisavam ser mais frequentes e a limpeza era bem complexa. Era preciso inclusive retirar os peixes, pedras e plantas.

Se você pretende entrar neste projeto, é preciso tomar algumas decisões para dar início ao planejamento.

O primeiro passo é escolher o tipo de aquário, doce ou salgado? De antemão digo que salgado é um investimento alto e bem mais elaborado. A diferença de preço entre os peixes e aparatos é bem expressivo. Como nossa intenção era ter algo simples para começar, escolhemos então o de água doce.

Segunda decisão é o tamanho do aquário. Aqui tem muitas variáveis a serem pensadas:

  • onde vai ser colocado,
  • qual o tamanho ideal,
  • verificar se tem algum armário que tenha capacidade para aguentar o peso, ou será preciso comprar

Nós decidimos pelo aquário Boyu, aprovei e recomendo, principalmente para iniciantes. É fácil de mexer e de cuidar, e vem praticamente pronto para ser usado. O escolhido foi Aquário Boyu Curvo Preto MS-420 de 31 litros, já vem com bomba compatível, filtro, luz e perlon. Se alguma dessas palavras soou estranho, não se preocupe, aos poucos você irá entender melhor estes termos.

Para quem vai montar um aquário do zero, é preciso saber algumas regras básicas na escolha de itens essenciais. Não sou especialista, o que escrevo aqui é apenas uma base, aquilo que aprendi. Pesquise muito, e principalmente converse com quem tem experiência no assunto. Boas lojas de aquarismo são os melhores lugares para tirar suas dúvidas.

Os equipamentos essenciais são:

Bomba

Para bomba, a vazão por hora recomendada é de pelo menos 10 vezes a capacidade do aquário. Ou seja, no nosso caso com aquário de 31 litros, vazão de 310 L/h. Algumas bombas que posso dar minha opinião sobre, e que são bem recomendadas, são as das marcas Boyu e Ocean Tech. Mas existem outras mais simples e bem avaliadas, basta uma procurada.

Filtro

Os filtros são responsáveis pela limpeza da água, e precisam ser bem pensados também. Aliás, mais que limpeza, é o local onde estará a colônia de bactérias responsáveis pelo equilíbrio do aquário.

Um dos modelos mais usados é o sump que mais para frente irei detalhar melhor. Algumas bombas já vêm equipadas com filtros, como os hang-on que ficam presos na borda do aquário. No próximo post trarei mais informações sobre as etapas de filtragem.

Neste vídeo, tem uma explicação sobre os tipos de filtros vendidos:

Luminária

No caso da luminária, confesso que não estudei muito, mas é preciso que tenha um equilíbrio. Luz muito forte pode queimar as plantas, por exemplo. Por outro lado, se for muito fraca, pode causar doenças. As luzes mais usadas hoje em dia são as de LED, que esquentam menos.

Para começar, acredito que já seja o suficiente. Ainda tem muita coisa para falar, e tem mais, meu aquário ainda esta em mudança. Com isso, terão muitas novidades para contar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.