Táxi em Orlando

Cenário - Universal Studios

Orlando é uma cidade motorizada, cheia de largas avenidas, perfeita para quem pretende alugar um carro. Aqui enfrentamos um de nossos problemas na viagem: nem eu e nem meu marido dirigimos, ele não pode e eu não gosto. Neste caso, o táxi é uma alternativa a ser considerada.

Como existem poucos ônibus, os táxis não são baratos e nós não queríamos estar presos a nenhum transporte com hora marcada ou excursão, tivemos que procurar uma alternativa para reduzir ou pelo menos amenizar os custos com transporte. Resolvemos então dividir nossa viagem em duas partes: Universal/Compras e Disney.

Na primeira metade de nossa estadia ficamos em um hotel próximo à Universal e com isso economizamos o táxi de ida até os parques. Na volta a história era outra, o cansaço pesava e nós acabávamos voltando de táxi.

Antes de escolher o hotel consideramos as atrações que queríamos visitar – lojas, shoppings, museus e outras lugares que fomos descobrindo ao longo da pesquisa. Depois de listar as atrações começamos a fazer um roteiro para minimizar os gastos de táxi para ir do hotel a uma atração e de uma atração à outra.

Neste processo descobrimos um site para cálculo do valor aproximado de uma corrida de táxi. Já saíamos do hotel com uma ideia de quanto iríamos gastar, valor sempre bem próximo do que pagávamos. Até mesmo quando o táxi era especial o valor estimado se aproximava do cobrado.

O site que usamos foi Taxi Fare Finder. Pode ser de grande ajuda, utilizá-lo na definição de seu orçamento.

Na segunda parte da viagem resolvemos ficar em um hotel dentro do complexo da Disney. Assim tínhamos o direito de usar o ônibus do próprio hotel para irmos a todos os parques do complexo sem nenhuma preocupação.

Com esta divisão conseguimos facilitar muito nossa locomoção na viagem.

Dicas:

  • A escolha do(s) hotel(éis) pode ajudar em muito na redução de custos de transporte;
  • A gorjeta (tip ou propina) faz parte da cultura – quase uma obrigação. A gorjeta varia de 10% a 20% do valor da corrida;
  • Algumas taxas – número de malas, partida do aeroporto, dentre outras – podem ser adicionadas pelo motorista ao valor da corrida antes da partida. No taximetro são exibidos dois valores: $ fare e $ extras. O primeiro mostra o valor da corrida. O segundo, o valor dos extras;
  • Tenha em mãos os telefones das empresas de táxi. No final do post listamos algumas. Dificilmente você consegue pegar um táxi no meio da rua. Os táxis ficam parados em pontos específicos.
  • Na maioria dos lugares – shoppings, restaurantes, pontos turísticos etc – quando não houver um ponto de táxi, procure o atendimento ao cliente ou a bilheteria e peça para chamarem um táxi. Os atendentes terão o maior prazer em fazê-lo.

Telefones de empresas de táxi que pode ser útil:

Para falar a verdade não pedi nenhuma vez pelo telefone, e quando o fiz foi para a empresa que servia o hotel, peguei várias vezes táxis da Mears em shoppings e parques e sempre fui bem atendida. As outras empresas levei apenas para uma emergência.

Uber

Quando fomos Uber não era utilizado, porém pelo que ando lendo hoje em dia é fácil de conseguir usando o mesmo aplicativo usado aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *